catarata Adultos

Catarata

A catarata corresponde à perda de transparência do cristalino (lente intraocular natural) cuja função é focar a luz na retina. Esta “nebulosidade” condiciona uma diminuição na visão e pode, em condições extremas, levar à cegueira caso não tratada. As cataratas geralmente desenvolvem-se lentamente e sem dor, pelo que a visão e o quotidiano podem ser afetados de forma gradual e sem que uma pessoa perceba. Mundialmente a catarata é a causa número um de cegueira evitável. Não há tratamento médico para prevenir o desenvolvimento ou a progressão da catarata.

As queixas mais comuns incluem visão embaçada, dificuldade de leitura com pouca luz, visão deficiente à noite, brilho intenso e halos ao redor das luzes e, ocasionalmente, visão dupla. Outros sinais de catarata incluem alterações frequentes na prescrição de óculos e uma nova capacidade de ler, sem o até então necessário uso de óculos, em pacientes com mais de 55 anos.

Existem vários tipos de catarata, incluindo a senil, a traumática e  a metabólica. A catarata senil (relacionado com a idade) é o tipo mais comum e a patogénese é multifatorial. Uma catarata traumática pode ocorrer após lesões oculares contusas e penetrantes, bem como após eletrocussão, queimaduras químicas e exposição a radiação. A  catarata metabólica desenvolve-se em relação com diabéticos não controlados, pacientes com galactosemia, doença de Wilson e distrofia miotônica, entre outras doenças.

A cirurgia de catarata é um dos procedimentos cirúrgicos mais comuns realizados em todo o mundo e tem uma taxa de sucesso muito alta. O objetivo da cirurgia de catarata moderna não é apenas a remoção da catarata, mas também a substituição da catarata por uma lente intra-ocular (LIO). A LIO é tipicamente colocada durante a cirurgia. Existem vários tipos de LIOs que podem ser usadas em cirurgia de catarata moderna, incluindo lentes monofocais, multifocais e de correção de astigmatismo. O objetivo de todas as LIOs é melhorar a visão e limitar a dependência de óculos ou lentes de contato.

Artigos relacionadas

Comentários

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

Publicar comentário